Pastor cubano está em prisão domiciliar por desenvolver trabalho social

Igrejas registradas começam a ser perseguidas caso contrariem ordens do governo comunista - Foto: Portas Abertas

O pastor Yordanys Diaz Arteaga, presidente da Igreja Reformada em Cuba, está em prisão domiciliar desde fevereiro de 2022. Ele é acusado de receber mercadorias ilegais. O governo cubano, segundo Portas Abertas, costuma pressionar e prender líderes de igrejas que insistem em coordenar projeto de ação social. Cuba surge na 37ª colocação na Lista Mundial… Continuar lendo Pastor cubano está em prisão domiciliar por desenvolver trabalho social

AllEscortAllEscort