“Netflix do Evangelismo”: o metaverso é o futuro da pregação?

Autor: Redação HolyNews

Uma parcela da Igreja vem migrando para o metaverso. Alguns especialistas acreditam que igrejas que estão sendo estabelecidas na realidade virtual ofuscarão o modelo de adoração das Mega Igrejas.

Meta, como é designado atualmente o Facebook, está investindo pesado no metaverso. De acordo com um representante da mídia social Facebook, Che’von Lewis, é “a próxima evolução nas tecnologias sociais e o sucessor da internet móvel”.

No mês de maio, cerca de 500 pessoas se reuniram online para a “Cúpula da Igreja Metaversa”, que contou com uma série de cristãos envolvidos com o ministério na realidade virtual. 

Netflix do evangelismo

O pastor Bill Willenbrock da Igreja Luterana da Fé em Whithall, Ohio, EUA, lidera um grupo cristão no metaverso há três anos. O VrChat é uma realidade virtual onde cerca de 30.000 usuários estão online ao mesmo tempo.

Entrar neste mundo de socialização virtual permitiu que Willenbrock conhecesse pessoas de todo o mundo. Ele falou com indivíduos do Paquistão, Bulgária e Arábia Saudita, para citar alguns.

O pastor Bill Willenbrock da igreja Luterana da Fé em Whitehall com sua família. Ele tem pregado o evangelho para pessoas online usando a realidade virtual. Foto: Reprodução

“A oportunidade diante de nós é simplesmente impressionante. O bate-papo vr, metaverso em geral é realmente como o Netflix do evangelismo”, disse ele.

“O evangelismo em outras áreas pode exigir quilometragem e esforço, mas você pode fazer tudo isso do seu computador e a qualquer momento você tem algum tempo extra para compartilhar o amor de Deus. E isso é simplesmente notável, revolucionário realmente”, disse Bill. 

Estados Unidos

Nos Estados Unidos, uma igreja criou um ambiente virtual para promover novas experiências espirituais aos seus membros. A VR Church já ordenou ministro e fez batismo de forma remota.

VR Church e seu templo virtual. Foto: Reprodução/ VR Church

“O futuro da igreja é o metaverso. Não é uma coisa anti-física, eu não acho que as reuniões físicas devem ir embora. Mas na igreja de 2030, o foco principal será seu campus metaverso”, disse o pastor D.J. Soto.

No campo virtual, o salão principal da VR Church é um espaço amplo, luminoso e colorido. Depois de um grande saguão, tem o templo em que cabem milhares de avatares. Para entrar, é preciso colocar um dos diversos dispositivos de realidade virtual disponíveis no mercado.

Igreja brasileira 

Antes de mais nada, a realidade do universo digital tem chamado a atenção de cristãos que veem a oportunidade de compartilhar o Evangelho. No mês de maio, o CEO da startup InChurch, Sydney de Menezes, juntamente com um grupo de 20 pessoas realizou a primeira ação de evangelismo do Brasil no metaverso. 

“A Igreja no metaverso precisa ser com I maiúsculo e deve estar onde as pessoas estão. Por trás de cada avatar existe uma pessoa que tem problemas e está procurando por algo. Onde têm pessoas, a igreja precisa estar”, explica o Sydney. 

De acordo com a Kantar Ibope Media, empresa de mensuração de audiência e investimento publicitário, 5 milhões de brasileiros já estão no metaverso e 49% da população tem vontade de entrar.  

COLUNISTAS

Últimos Conteúdos

AllEscortAllEscort