Cristãos entram no Afeganistão de forma clandestina para ajudar após terremoto

Autor: Redação HolyNews

Após o domínio do Talibã no Afeganistão, organizações cristãs que prestam ajuda humanitária só conseguem entrar no país clandestinamente e por meio de comboios. Esse é o caso da FMI, que atua tentando a evacuar cristãos em risco.

O Talibã considera os cristãos apóstatas e sujeitos às consequências mais mortais da Sharia.

Nesse contexto, muitos ministérios que trabalham com a igreja subterrânea local perderam contato com suas redes e parceiros no país.

De acordo com a Mission Network News (MNN), o Afeganistão tem muito pouco em termos de uma igreja organizada. Muitas comunidades cristãs são extremamente secretas e permanecem na clandestinidade devido à opressão e perseguição generalizadas.

A FMI relata que o Talibã está de olho nos cristãos, até enviando cartas ameaçadoras avisando-os para não se encontrarem.

“Um homem recebeu uma carta dizendo que sua casa agora pertence ao Talibã”, disse Nehemiah ao MNN. “Ele é um homem simples que faz artesanato e todas as suas economias estão em sua casa. O Talibã tomará a propriedade e os bens dos cristãos.”

Após o domínio do Talibã no Afeganistão, organizações cristãs que prestam ajuda humanitária só conseguem entrar no país clandestinamente e por meio de comboios. Esse é o caso da FMI, que atua tentando a evacuar cristãos em risco.

O Talibã considera os cristãos apóstatas e sujeitos às consequências mais mortais da Sharia.

Nesse contexto, muitos ministérios que trabalham com a igreja subterrânea local perderam contato com suas redes e parceiros no país.

De acordo com a Mission Network News (MNN), o Afeganistão tem muito pouco em termos de uma igreja organizada. Muitas comunidades cristãs são extremamente secretas e permanecem na clandestinidade devido à opressão e perseguição generalizadas.

A FMI relata que o Talibã está de olho nos cristãos, até enviando cartas ameaçadoras avisando-os para não se encontrarem.

“Um homem recebeu uma carta dizendo que sua casa agora pertence ao Talibã”, disse Nehemiah ao MNN. “Ele é um homem simples que faz artesanato e todas as suas economias estão em sua casa. O Talibã tomará a propriedade e os bens dos cristãos.”

COLUNISTAS

Últimos Conteúdos