Best-seller do New York Times quer evangelizar 3 bilhões de pessoas

Autor: Redação HolyNews

Um líder da igreja evangélica norte-americana chama atenção da importância do trabalho de evangelização mundial. O pastor e escritor David Platt da Mega Igreja The Church at Brook Hills, em Birmingham, Alabama, estima que há três bilhões de pessoas “não alcançadas”, ou seja, pessoas sem acesso ao Evangelho. 

Durante a Conferência Juntos para o Evangelho, que aconteceu no Centro Internacional de Convenções do Kentucky, em Louisville, Kentucky, EUA, o pastor observou o texto bíblico de Mateus 28:18-20.

“Ir e fazer discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, e ensinando-os a obedecer tudo o que eu lhe comandei”. 

O escritor também se referiu ao texto bíblico em que Paulo de Tarso escreveu sobre a importância de pregar o evangelho “onde Cristo não era conhecido” (Romanos 15:18-25).  Segundo ele, o grande problema é que “mais de três bilhões de pessoas estão sem ouvir o Evangelho”.

O autor best-seller do New York Times com o livro “Voltando às raízes da Fé” comentou que as igrejas  precisam comprometer mais recursos para missões que visam populações não alcançadas, a razão é que “o número de pessoas não alcançadas é maior hoje do que nunca e continuará aumentando até que a igreja decida mudar”.

Pesquisa missionária

De acordo com uma pesquisa realizada neste ano de 2022 pelo Grupo Barna, empresa de pesquisa evangélica com sede em Ventura, Califórnia, EUA, atualmente apenas 46% dos cristãos veem “missões” como uma mandato de Jesus.

Segundo dados da pesquisa, os cristãos podem encontrar exceções no envio da “Grande Comissão” de Jesus e eles tendem a acreditar que as missões são um chamado para alguns (51%), não um mandato para todos (25%).

COLUNISTAS

Últimos Conteúdos

AllEscortAllEscort