Arizona decide proibir cirurgias de mudança de sexo para crianças

Autor: Redação HolyNews

Na quinta-feira, a legislatura do Arizona votou para proibir cirurgias de mudança de sexo em crianças e proibir atletas transgêneros que nasceram homens de jogar em equipes esportivas femininas. O governador republicano Doug Ducey não disse se assinará qualquer uma das leis.

No início da semana,  governadores do GOP em Indiana e Utah vetaram projetos de lei semelhantes que tinham como objetivo proteger os direitos das mulheres e meninas que são atletas.

Em seguida, o presidente Biden assinou uma ordem executiva que os críticos disseram que “apagou” os direitos das meninas em favor dos direitos dos transgêneros.

“Este projeto de lei para mim é tudo sobre biologia. Na minha opinião, é injusto permitir que homens biológicos concorram com esportes de meninas biológicas”, disse a representante republicana Shawnna Bolick.

Arizona é um dos 20 estados que consideraram a legislação para restringir a mudança de gênero nos cuidados de saúde. A nova lei do estado restringiria as cirurgias de mudança de sexo em crianças.

“Isto é mutilação de crianças. É irreversível. É horrível”, disse o deputado republicano John Kavanagh.

Segundo a CBN News, a lei do Arizona não proíbe terapias hormonais e bloqueadores da puberdade, apenas cirurgias em crianças que podem vir a se arrepender da decisão irreversível quando atingirem a maturidade.

COLUNISTAS

Últimos Conteúdos

AllEscortAllEscort